Thursday, May 5

Amor Electro

Ontem fui lanchar com uma amiga minha que já não via há uns meses ali ao Starbucks do Chiado. Cheguei um bocadinho mais cedo do que a hora que tínhamos combinado e aproveitar para ir dar uma espreitadela à FNAC. Estava para descer para o piso dos livros, filmes e CD's quando vi que estavam a fazer o soundcheck para um daqueles showcases de apresentação no Fórum. Os Amor Electro, um projecto português encabeçado pela Marisa Pinto (cuja voz eu adoro desde que ouvi Donna Maria pela primeira vez) e que mistura jazz, fado e electrónica fazendo novas versões de algumas músicas já bem conhecidas, ia actuar daí a pouco.
Nunca tinha ainda ouvido falar neles nem no álbum que apresentaram, Cai o Carmo e a Trindade, editado na semana passada e então por ali fiquei à espera, para ouvir um bocadinho e qual não é o meu espanto quando vejo que o teclista é um rapaz que conheço já há uns tempos, de uma outra banda.
"A Máquina (Acordou)" tem a voz fantástica da Marisa Pinto (e ela é tão bonita também, já agora), a sabedoria do Ricardo Vasconcelos nas teclas e nos arranjos e muito mais. O primeiro single do álbum de estreia é qualquer coisa de muito bom. E a versão da Capitão Romance (que é das minhas músicas preferidas de sempre, dos Ornatos Violeta) é MARAVILHOSA. Música assim, portuguesa e em português, não aparece por aí aos pontapés e é pena.
Tenho de ir urgentemente a um destes showcases. E tenho de ouvir com bastante atenção o álbum.

1 comment:

  1. estiveram no AÉQC ontem, e gostei muito :)

    ReplyDelete

I've rambled. Now, it's your turn.